Atelier de cerâmica Terra e Tal.

Célia Flud é natural de São Paulo. Dedicou-se ao estudo de cerâmica a partir de 1998, em atelies de Belo Horizonte, onde fez especialização em esmaltes, massas cerâmicas, torno, modelagem, queimas a gás e em fornos elétricos.

 A paixão pela cerâmica surgiu em 1975, quando teve oportunidade de conhecer a oficina do artista plástico Francisco Brennand, em Pernambuco.

 A busca da melhor argila, a pesquisa dos esmaltes, a conquista das temperaturas mais altas e, sobretudo, a liberdade das formas, tudo na oficina foi um deslumbramento.

 Quando teve a possibilidade de pôr a mão na massa e levantar da terra a primeira forma, Célia não deixou mais de pesquisar e estabelecer seus próprios critérios em relação à produção cerâmica.

Em seu atelier a ceramista desenvolve massas cerâmicas, a partir da reciclagem de argilas de diferentes solos, e esmaltes para alta temperatura, que incluem cinzas das folhas caídas no jardim.

 Suas esculturas em geral são compostas de metal e cerâmica, e revelam, além da forma, as cores possíveis de argilas e esmaltes. 

A suas peças encontram-se expostas na Galeria Grupo da Terra, na Rua da Praia 74, no Centro Histórico em Paraty.

Atualmente mora em Cunha, SP, onde mantém atelier.